Minha opinião sobre a proposta de reforma trabalhista do Brasil

24-04-2017 09:13

 

A reforma trabalhista que querem aprovar no Brasil é absurda e vai contra os direitos sociais e trabalhistas por um erro de estudo e avaliação da situação. O argumento de que a reforma trabalhista moderniza a CLT é um argumento mentiroso. Pois ela precariza a mão de obra  trabalhista e  retira direitos trabalhistas com medidas indiretas. Ao ser aprovada, gerará com o passar do tempo a mudança do regime de trabalho de milhões de trabalhadores para as piores condições. Ou seja, os empregadores aplicarão a mesma sobre os trabalhadores a torta e a direita e não terão mais proteção os trabalhadores, pois por medidas  indiretas tiraram as proteções dos trabalhadores. Ela visará, na prática, maximizar lucros do que gerar emprego. Podendo até mesmo demitir funcionários e contratarem outros no regime de trabalho que melhor maximizar lucros.

 

Já com relação a reforma da previdência, é importante informa à população que a previdência é superavitária se administrado corretamente a aplicação da sua arrecadação. O aumento de sua arrecadação, se necessária, se faz por meio do deslocamento de impostos e em último caso criação de imposto para cumprir a função social, e aumento da contribuição dos trabalhadores e aposentados com a previdência, que pode chegar até 25% do salários dos trabalhadores à previdência, 15% de contribuição dos salários dos aposentados, 10% dos pensionistas e 5% dos segurados à previdência. Essas porcentagens devem ser divididas seus aumentos ao longo dos anos até atingir os 25% dos trabalhadores, os 15% dos aposentados,  10% dos pensionistas e 5% dos segurados de arrecadação. Em último caso é que se lança mão de uma reforma por idade de tempo trabalhista, que deve se dar pela profissão de cada trabalhador. Ora, afinal, um Peão-de-Obra que exerce um trabalho totalmente desgastante fisicamente não pode ter seu tempo de aposentadoria igual a de um Arquiteto. Segundo: Por que o dinheiro da Previdência Social não Rende Juros?

 

Observações:

 

1ª) Verdade seja dita dentro desse país! Estão tentando desmontar o maior programa social do Brasil, que é a Previdência Social por não saberem trabalhar com seu funcionamento. Além disso, e se uma pessoa perder o emprego com 50 anos de idade será que ela conseguirá emprego novamente fácil, uma vez que as empresas preferem contratar um jovem do que um pai de família em fim de carreira, pois as despesas e força de trabalho do jovem são mais vantajosas em comparação a do pai de família em fim de carreira, e normalmente os jovens são sempre mais capacitados do que os pais de família em fim de carreira?


2ª) Recomendação de Leitura: Previdência, mitos e verdades

Site: previdenciabrasil.info/

 

3ª) O que se observa é que esses Parlamentares junto com o Presidente da República não estão representando o povo, uma vez que não trabalham de forma correta e democrática, com amplo debate social. Ora, não acredito que Parlamentares e pessoas que dizem serem capaz de fazer até mesmo uma Nova Constituinte em 3 meses serem capaz de reformar temas que dependem de amplos debates com sociedade e especialistas por longos e longos tempos. Tais coisas não são feitas na calada da noite como esses Parlamentarem fazem com a ajuda do Presidente da República desse País. Quanto tempo esses Cidadãos acham que foi gasto para Forma e Construir a Constituição Federal, a CLT e a Previdência Social? E quantos especialistas foram envolvidos nisso? E quantas pessoas foram ouvidas?   Não acrédito  no que esses Parlamentares estão fazendo junto com o apoio do Presidente da República e da Grande Mídia desse país. Para mim tal vez acreditar nisso, eles teriam que me apresentar um Hino Nacional feito por eles melhor do que nós temos  e com todos os seus arranjos músicas em 3 meses.

 

4ª) Uma vez  que a sociedade ideal é a democrática, ela deve ser também realizada democraticamente. A estrutura, objetivos e diretrizes políticas devem ser aprovadas pela opinião pública, dos mais variados seguimentos e ordens, e promulgados com a  maior margem possível de apoio popular. Isso é o que assegurara o Estado Democrático de Direito em uma sociedade democrática. Além disso, uma revolução que tem lugar no espírito dos homens é mais profunda e duradoura do que qualquer mudança criada somente por políticos.

 

5ª)  A lei de Terceirização aprovada dentro do país é sinônima de mão de obra barata, em vez de ser mão de obra especializada. O entendimento de barato faz com que junto com as reformas trabalhistas aprovadas passe todos os trabalhadores a condição de terceirizados e só trabalhem quando o dono quiser. Isso faz com que o trabalhador perda seus direitos trabalhistas, trabalhe dobrado em varias funções e ganhe bem menos do que ganhava quando não era terceirizado. 

 

As leis trabalhistas aprovada com a lei de terceirização e a reforma da previdência simplesmente jogara o país em grave crise econômica. O trabalhador não conseguirá comprovar renda, não conseguirá se aposentar, e se o trabalhador se torna uma pequena pessoa jurídica para prestar serviço, a concorrência será tal alta que prestará serviço a preços que não cobre nem os custos dele direito só para não perder o contrato para o concorrente. Isso por consequência fará com que não consiga financiamentos e a máquina trabalhista começará a se colapsar levando junto a produtividade e as vendas do país, gerando uma grave crise. Seguida por isso, vem a venda o Estado para Iniciativa Privada e por consequência perdas dos direitos sociais como, saúde  e educação.  Como o trabalhador estará em situação grave de trabalho, não conseguirá pagar para ter saúde e ter educação para ele e sua família. Isso tudo se agravará ainda mais quando os donos de empresas começarem automatizar tudo, o que matará vários postos de trabalho para maximizar temporariamente os lucros da empresa. Esse lucro  é temporários, pois quando todo mundo começar a automatizar a crise já estará gerada. Ora, se ninguém trabalha mais, ninguém compra mais, porque não tem emprego e dinheiro.

 

6ª) Caso uma empresa precise adotar um regime de trabalho diferenciado em razão de dificuldades financeiras (como é o caso das Montadoras Automobilísticas), ela deve solicitar autorização a Justiça do Trabalho para adotar tal regime, e este regime de trabalho diferenciado deve está amparando por lei por ser utilizado pela empresa em questões emergências.

 

7ª)  Importante informar à população que com isso tudo, a arrecadação financeira começará a cair gradativamente e a previdência social deixará de existir no futuro, sendo essa entregue a Previdência Privada. Como ora, o povo terá dinheiro e ora não, em razão das reformas trabalhistas, não conseguirão arcar com a previdência privada e acabará ficando desamparado no final das contas na sua velhice. Uma vez que, as pessoas mais velhas dificilmente conseguiram concorrer com jovem, que aceita ganhar menos, tem mais cursos e mais força de trabalho do que ele. E não podemos deixar de citar, que os Brasileiros não têm habito de guarda dinheiro e as condições trabalhistas do futuro farão com que o rendimento dele cai muito, só tendo dinheiro para as necessidades básicas em muitas vezes ao longo de sua vida trabalhista. Se já não sobra dinheiro agora, imagina com essas reformas que torna o dinheiro do trabalhador incerto.

 
As leis trabalhistas aprovada com a lei de terceirização e a reforma da previdência simplesmente jogara o país em grave crise econômica. O trabalhador não conseguirá comprovar renda, não conseguirá se aposentar, e se o trabalhador se torna uma pequena pessoa jurídica para prestar serviço, a concorrência será tal alta que prestará serviço a preços que não cobre nem os custos dele direito só para não perder o contrato para o concorrente. Isso por consequência fará com que não consiga financiamentos e a máquina trabalhista começará a se colapsar levando junto a produtividade e as vendas do país, gerando uma grave crise. Seguida por isso, vem a venda o Estado para Iniciativa Privada e por consequência perdas dos direitos sociais como, saúde  e educação.  Como o trabalhador estará em situação grave de trabalho, não conseguirá pagar para ter saúde e ter educação para ele e sua família. Isso tudo se agravará ainda mais quando o dono da empresa começar automatizar tudo, o que matará vários postos de trabalho para maximizar temporariamente os lucros da empresa. Esse lucro  é temporários, pois quando todo mundo começar a automatizar a crise já estará gerada. Ora, se ninguém trabalha mais, ninguém compra mais, porque não tem emprego e dinheiro.
 

 

Observação Importante sobre um Imposto Social Extinto:

A CPMF poderia voltar destinada toda a um Fundo de Aparelhagem do SUS. Ou Seja, o dinheiro seria destinado exclusivamente a compra de aparelhos médicos para o SUS, toda vez que um boleto ou cartão de crédito for movimentado. Esse Fundo que deverá ser feito exclusivamente para o recebimento da CPMF poderá ser dividido por Estados e os mesmos poderão ajudar a compor a verba dele com depósitos econômicos. Assim, o país estaria garantindo que os pacientes do SUS tenham equipamentos médicos para serem atendidos e fazerem exames.

 

Observação Importante sobre as Empresas Estatais e o Desenvolvimento Social e Nacional:

 

Para as Empresas Estatais serem modernizadas e atenderem as necessidades do povo e chegarem a ser empresas de referencia é necessário um plano rígido e detalhado de planejamento de investimentos da modernização e da gestão. As Estatais dificilmente conseguirão os investimentos necessários se não tiverem um plano detalhado de modernização dos processos e gestão. Um exemplo, a CPTM de São Paulo não tem um plano detalhado para os investimentos e gestão, então em vez deles investir todo ano certa quantidade de dinheiro em Telemetria e equipamentos, ela simplesmente pega o dinheiro e constrói Estação Nova, como então a CPTM de São Paulo irá para frente ou conseguirão dinheiro do BNDS?  Essa é a mesma situação de outras Estatais! Por tal razão é necessário plano detalhado de investimento e planejamento de modernização e gestão, alocação de recursos capitados das próprias Estatais, de investimentos dos Governos e de empréstimos do BNDES. Para isso, é necessário  chamar consultores e conselheiros de tecnologia, gestão e montar parcerias nesses mesmos quesitos com diversas outras empresas. Resumindo sem um planejamento de investimento de modernização e gestão e sem parcerias com outras empresas ao longo do tempo nada vai para frente, fica como a CPTM construindo Estação Nova. Com a receita de bolo em mãos, se trocar  Presidente da Estatal ou a Gestão, nada vai importar, pois vão ter que seguir a receita do bolo. Além disso, é fundamental que para essas Estatais, que puxam junto com elas diversas outras empresas privadas e garante diversos desenvolvimentos do país, como é o caso da Petrobras,  que seus Presidentes sejam escolhidos não mais por indicação politica, mas sim por meio de um concurso público com cargo de 4 anos.  Isso abriria leque para que pessoas que já foram administradora de grandes empresas Nacionais ou Internacionais de referencia do mundo todo pudesse se candidatar a vaga de Presidente dessas Estatais e desenvolve-las. Somente assim, a essas Estatais garantirão sua permanência com empresas sólidas no Brasil e contribuíram com o desenvolvimento do país.  É importante também incentivar a participação nos Lucros das Empresas para os funcionários que ajudarem efetivamente a melhorá-las e a gerirem com eficiência, como um todo ou suas unidades.

 

Quem não sabe administra vende, depois acaba o dinheiro recebido e quem fica prejudicado é o povo, pois era patrimônio público e como tal tem que visa o mesmo beneficiar o povo. 

 


"Te lança-te luz escuridão que te mostrará sábia e bela."


"Música de Milton Nascimento - Raça"