O Sistema Eleitoral de Deputados e Vereadores do Brasil

20-04-2017 09:24

 

“Se um dia me perguntarem o que eu penso do sistema eleitoral dos Deputados e Vereadores do Brasil, responderei que uma das saídas para este sistema que se encontra estagnado é a Distrital.”

 

Observação:

1ª) É um absurdo que um político que tenha muitos votos consiga eleger vários outros políticos que não conseguiram votos suficientes. E é um absurdo ainda, o voto ir para partido político.

 

2ª) Quando você vê um político dizendo que voto pelo partido, na grande maioria das vezes, esse partido está atuando como facção e o que importa são os interesses desses partidos e, não do povo que o elegeu. E quando o político vota contrário a decisão do partido, ele corre o risco de ser punido e boicotado. Deixo a pergunta agora: Você acha certo  votar em partido político?

 

3ª) A representação partidária não acaba no Sistema Distrital para os Deputados e Vereadores, pois se acabasse mesmo não existiria representação partidária no Senado e nos Executivos. Ela só acaba quando um partido político é  impedido ser criado ou de exercer suas atividades política.

 

4ª) Se a Justiça Eleitoral entender que para administrar o sistema da melhor forma é necessário adotar o Sistema Distrital Misto com Lista Fechada (pois o povo tem que saber em quem está votando) para escolher os Deputados e Vereadores deve então seguir o entendimento dela, para melhor administrar o sistema. Porém reforço novamente, quem vota em partido político corre o grande risco de apoiar facção. É direito do povo saber em quem está votando.  

 

5ª) Deixo claro aqui ainda, que o eleitor não é adepto de votar em partido político e de voto ir para partido. Isso é provado maciçamente na quantidade de votos nulos e brancos para Deputados e Vereadores e que só tende a aumentar.

 

6ª) Além disso, é extremamente importante que os Deputados e Vereadores só possam ser eleitos duas vezes seguidas e, não a vida toda. Não se assustem se eles direcionarem o foco em proibir a reeleição de Presidente, Governador e Prefeito e dar um mandato de 5 anos para eles e manter a reeleição deles mesmos e Senadores (mandato de 8 anos absurdo) para o resto da vida. Pois quem beneficia o povo diretamente são o Presidente, Governadores e Prefeitos, e não eles.

 

1ª) É um absurdo que um político que tenha muitos votos consiga eleger vários outros políticos que não conseguiram votos suficientes. E é um absurdo ainda, o voto ir para partido político.
 
 
1ª) Quando você vê um político dizendo que voto pelo partido, na grande maioria das vezes, esse partido está atuando como facção e o que importa são os interesses desses partidos e, não do povo que o elegeu. E quando o político vota contrário a decisão do partido, ele corre o risco de ser punido e boicotado. Deixo a pergunta agora: Você acha certo  votar em partido político?
2ª) A representação partidária não acaba no Sistema Distrital para os Deputados e Vereadores, pois se acabasse mesmo não existiria representação partidária no Senado e nos Executivos. Ela só acaba quando um partido político é  impedido ser criado ou de exercer suas atividades política.
 
 
2ª) Quando você vê um político dizendo que voto pelo partido, na grande maioria das vezes, esse partido está atuando como facção e o que importa são os interesses desses partidos e, não do povo que o elegeu. E quando o político vota contrário a decisão do partido, ele corre o risco de ser punido e boicotado. Deixo a pergunta agora: Você acha certo  votar em partido político?
 
 
3ª) A representação partidária não acaba no Sistema Distrital para os Deputados e Vereadores, pois se acabasse mesmo não existiria representação partidária no Senado e nos Executivos. Ela só acaba quando um partido político é  impedido ser criado ou de exercer suas atividades política.,